Terça-feira, 21 de Abril de 2009
O Alquimista

 

Escolhi este meu blog para vos falar deste livro, porque é aqui que expresso os meus sentimentos mais profundos. É aqui que eu reflicto sobre as coisas simples da vida, que por vezes se tornam em grandes odisseias.


Há pouco tempo li este livro. Já tinha lido outro livro do mesmo autor "Brida" que também tinha adorado, mas este teve um gostinho especial. Fala do ser humano e da sua lenda pessoal, isto é, daquilo para o qual todos nós nascemos. Os nossos sonhos.


É uma história contada na primeira pessoa e que nos revela a viagem interior e exterior de um simples pastor em busca do seu tesouro. Ao longo da sua viagem este simples pastor vais "crescer" até aprender a interpretar a linguagem do Mundo e atingir o seu expoente máximo, ou seja, a harmonia e equilibrio entre Deus e o Homem.  Trata-se no fundo de uma busca interior, embora efabulada. Este livro fala-nos de como devemos aprender a aprender a interpretar os sinais, uma vez que o Mundo inteiro conspira para que consigamos realizar a nossa lenda pessoal. Os que a seguem, são felizes. Aqueles que pelo contrário se vão distânciando cada vez mais, Vão tornando-se pessoas infelizes e descontentes com a vida. Contudo, nem tudo é fácil. Se por um laod podemos contar com a chamada sorte de principiante, que funciona como catalizador e impulsionador da nossa jornada, ao longo deste percurso, somos várias vezes tentados e testados como se o Mundo tivesse a necessidade de perceber se realmente somos merecedores de cumprir o nosso destino e se realmente o queremos cumprir. Como se tudo isto não fosse o suficiente quando estamos perto de atingir o nosso objectivo, é-nos apresentada uma "prova final", a derradeira e a mais probatória de todas. este pastor, acabou por descobrir que o seu tesouro sempre esteve ao pé dele, mas se nãop tivesse feito a sua viagem, nunca teria atingido o seu equilibrio e nunca teria cumprido a sua lenda pessoal.


Penso que todos nós conseguimos tirar uma conclusão desta história e ver algumas das nossas maiores questões respondidas. Por todas estas razões, aconselho-vos a lerem este livro. De certeza que vão adorar. Além disso, é um livro de leitura muito fácil, pois o Paulo coelho utiliza uma linguagem muito acessivel e pouco maçadora.


Beijocas Boas.


Feeling: zen

publicado por _^ANGIE^_ às 11:41
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Mas Afinal, Quem sou eu?
.pesquisar
 
.Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds